Nossa verdadeira identidade

Alguma vez, em sua vida, você já se perguntou: “Quem sou eu?” Dificilmente vamos encontrar alguém que diga “não”. Esta pergunta é comum a todos, é a necessidade natural que cada um tem de encontrar a sua verdadeira identidade.

O que é a verdadeira identidade?

A verdadeira identidade é a essência da criatura humana. É aquilo que somos aos olhos de Deus e que, a partir da nossa formação e amadurecimento, vai aflorando. É aquilo que não pode ser mudado, pois a essência não se muda, se transforma.

Como encontrar a verdadeira identidade?

Imagine uma pedra bruta de diamante. Quando ela é encontrada, não se vê aquilo que ela é de verdade, não se pode tocar ainda na sua essência. Não se pode ver o seu brilho, sua beleza; não se pode calcular ainda o seu real valor. A medida que ela vai sendo lapidada a sua essência vai se tornando visível, daí sim é que se pode ver o seu brilho, sua beleza, o seu valor.

O mesmo que acontece com esta pedra de diamante, acontece com cada um de nós. A vida vai se encarregando de nos lapidar, de trazer para fora a nossa beleza, nosso brilho e valor.
Tudo o que está a nossa volta (nossos familiares, amigos, a mídia, as músicas que ouvimos, as modas que adotamos…) tem influência na formação desta verdadeira identidade que precisamos encontrar, mesmo que muitas vezes isso venha acontecer de uma forma inconsciente. Tudo tem influência. Precisamos ter um senso critico, uma opinião própria diante de todas as coisas que nos são oferecidas.

Não podemos comprar tudo que este mundo liberal nos oferece. Precisamos selecionar e, selecionar bem o que nos é oferecido. Não podemos ser “maria-vai-com-as-outras”!
São Paulo nos exorta em sua carta aos Tessalonicenses: “Examinai tudo, ficai somente com o que é bom!”(I Tes 5,21)

Como Jesus, precisamos dizer a este mundo: “Dizei somente: ‘Sim’ se é sim; ‘não’, se é não. Tudo o que passa além disso, vem do Maligno” (Mt 5,37). Como aceitar para a nossa vida o que o próprio Deus condena? Isto não é ser coerente com o nosso ser cristão!
Quem melhor para revelar a nossa verdadeira identidade, se não Aquele que nos conhece e nos sonda profundamente? Ninguém melhor que o Espírito Santo de Deus para nos revelar a nossa essência, a nossa verdade!

Tantas pessoas no mundo de hoje buscam se auto-conhecer através de metodologias superficiais e vazias, que nada aprofundam, mas só afundam e distanciam a criatura humana do Criador, que revela toda a verdade por meio do seu Espírito Santo. Só o Espírito Santo tem a profunda revelação, a profunda ciência.
E encontrar a nossa verdadeira identidade requer tempo, maturidade, disponibilidade e, o mais importante de tudo: abertura ao Espírito Santo de Deus que tudo revela.

Reze assim:
“Espírito Santo de Deus, fonte insondável de toda revelação, neste momento eu me coloco diante da tua presença e, de coração aberto me entrego inteiramente a Ti. Peço que retires do meu coração, todas as mentiras e contaminações que o mundo colocou. Peço, neste momento, que me concedas a tua ciência, para que eu, amparado por ela, possa chegar um dia a ser aquilo que o coração de Deus sonhou a meu respeito.
Vem, Espírito Santo, revele a minha verdade. Quero ser um novo homem, quero ser uma criatura nova, quero ser imagem e semelhança do meu Criador.”
Amém

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.