Nos braços da Mãe

Desde criança, sempre fiquei intrigado com a imagem de Nossa Senhora da Piedade. Ver Nossa Senhora com o Filho no colo, é marcante. Além de uma obra de arte sem tamanho, a Pietá, é uma imagem bastante significativa… A original, não é colorida, mas se você puder, observe agora com os olhos da imaginação, a cena em que Nossa Senhora, recebe nos braços o Seu Filho Amado morto, ou melhor, mais do que morto: desfigurado.

Digo desfigurado, porque antes de entregar-se ao Pai, Jesus foi chicoteado, chutado, maltratado, ofendido… Teve de carregar um madeiro pesado por um bom trajeto – alguns cientistas estudiosos do Santo Sudário, chegam a dizer que o madeiro que Jesus carregou pesava em média de 40 a 50 quilos – teve suas mãos e seus pés perfurados por pregos grossos; não pense que foram “preguinhos” de parede não. Para manter Jesus na cruz, os pregos teriam de ser enormes.

Agora imagine a dor de Nossa Senhora, vendo tudo isso; vendo Jesus ser pisado, chutado, ofendido… vendo os escárnios, por parte daqueles, aos quais o próprio Cristo mesmo tinha decidido amar e perdoar. Imagine a dor de Maria vendo os pregos serem batidos nas mãos e nos pés do Mestre. Você conseguiria assistir tal cena?

Imagine o momento em que Jesus pediu água e deram-Lhe fel. Naquela hora, Maria queria ter dado a Ele água fresca, mas não pode. Tudo que Ela podia fazer naquela hora era chorar. Sofrer pelo seu Filho. E foi o que Ela fez.

Depois de tudo isso, Ela recebeu seu Filho, totalmente desfigurado e sem vida, nos seus braços. Tantas chagas abertas, tantas feridas expostas, sangue jorrando…

Porém, sabe o que é mais bonito disso tudo? É que hoje, esta mesma Maria, Mãe de Deus, Mãe Nossa, tem recebido a muitos em seus braços. Hoje em dia, o pecado tem feito estragos tão grandes quanto os estragos que Jesus sofreu em seu corpo. Nos braços de Nossa Senhora, tem vindo muitos de nós, marcados pelos chicotes da droga; do sexo compulsivo; da dor do aborto; do ateísmo; das coroas, não de espinhos, mas do consumismo, do materialismo, do ceticismo e tantos outros pecados que têm destruído os nossos irmãos espalhados pelo mundo afora.

Voltando à imagem de Nossa Senhora da Piedade, você já reparou como o artista idealizou o olhar de Maria para o seu Filho morto?! Ao olhar essa imagem, encontro um olhar de tristeza, mas ao mesmo tempo, um olhar de piedade, de misericórdia. Tristeza pelo que fizeram com Cristo, seu Filho, mas piedade, porque esse mesmo Cristo assumiu o pecado da humanidade. O Cristo que está nos braços de Nossa Senhora da Piedade, tem muito de nós: as nossas misérias, as nossas culpas… Todas as chicotadas e sofrimentos que Jesus passou, eram para serem recebidos por cada um de nós.

Mas Maria, hoje, ao receber cada um de nós em seus braços, muitas vezes destroçados pelo pecado, olha para nós assim: com extrema misericórdia e compaixão.

Se você hoje, está se sentindo destroçado, ofendido, humilhado, ferido, chagado ou até desfigurado pelo pecado que você tem carregado, vá ao colo de Maria; entregue-se nos braços Dela. Deixe que Ela, com toda a misericórdia e piedade que existe no Seu coração maternal, possa levá-lo ao Cristo. Depois de Maria ter chorado a morte de Jesus, Ela pode alegrar-se, porque Jesus ressuscitou! E hoje Ele tem curado as feridas de muitos; quer restaurar seu coração, a sua alma! É Ele o Cristo! Muitas vezes, é Ela, Maria, a Nossa Senhora da Piedade, que leva o ferido ao Cristo que cura, porque muitas vezes o ferido não tem como caminhar até o médico. Precisa de socorro. Maria é o nosso Socorro!

Se para você basta descansar, deite-se no colo da Mãe. Ela, como Mãe de todos nós, quer pô-lo no colo, refazer seu cansaço, aconselhá-lo.

Faça o seguinte: se você tem uma imagem de Nossa Senhora da Piedade em sua casa, ou uma gravura, medite com essa imagem a sua frente hoje. Reze olhando pra ela. Pensa em tudo o que foi escrito nesse texto. Peça para Nossa Senhora o acolher como você está… deixe que Ela o refaça, o leve ao Cristo.

Escreva para mim e conte a sua experiência. Diga-me o que você viveu nesse momento Mariano de oração. Adoraria ler a sua resposta. Meu e-mail é cadu@cancaonova.com

Até a próxima!

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.