Jesus e a multidão

“Seguia-o uma grande multidão, porque via os milagres que fazia em benefício dos enfermos.” (Jo 6,2)
 
A Palavra de Deus sempre fala para nós, hoje, sobre situações da nossa vida; fala daquilo que vemos atualmente ao nosso redor. Vamos abrir o coração à ação do Espírito de Deus, que tem algo a fazer dentro de nós, dentro daqueles que buscam algo mais de Deus.
 
Aquela multidão seguiu Jesus, porque tinha visto os milagres que Ele fazia. Doentes que eram curados; oprimidos pelo demônio que eram libertos; sinais milagrosos, como a fantástica multiplicação dos pães… A multidão ia atrás de Jesus, mesmo tendo que ir para o outro lado do Mar da Galiléia.
 
Eles sabiam que valia a pena caminhar bastante, ir a lugares distantes para estar com Jesus. Todos estavam impressionados, tocados no seu íntimo, pela manifestação visível, tão próxima e acessível, do Poder de Deus.
 
A Palavra diz, em Hebreus, que Jesus Cristo é o mesmo ontem, hoje e sempre. O que Ele pensava, falava e fazia, Ele continua pensando, falando e fazendo hoje.
 
Mas, talvez hoje, na sua cidade, no seu bairro, na sua paróquia, no seu grupo de oração, seja tão difícil aparecer uma multidão – mesmo que pequena – seguindo Jesus por estar vendo as curas, milagres, que o Poder que Ele realiza. O povo de muitas cidades não está vendo Jesus curar os doentes, nem tão pouco vendo-O manifestar Sua Glória e Amor! Por quê?
 
Será que existe outro Jesus hoje?  É outro Jesus que está na Igreja destas cidades? NÃO!
 
Só a própria Palavra de Deus pode nos ajudar a responder a esta pergunta. Houve uma cidade que Jesus, certa vez, visitou e, que aconteceu o mesmo. Pegue sua Bíblia e leia no capítulo 6 de Marcos, versículo 5. O “ali”, no qual o texto se refere, trata-se da cidade de Nazaré. Ali Jesus viveu e cresceu; ali todos O conheciam desde criança, conheciam seus parentes, seus pais…
 
Cuidado você que “conhece Jesus” desde criança, ou que já “O conhece” há muitos anos, conhece bem as coisas da Igreja, os textos bíblicos, já tem uma longa caminhada, já tem muita experiência e conhecimento… Diz o mesmo Evangelho, num trecho anterior, que muitos ouviram Jesus ensinando na sinagoga; ouviram e ficaram admirados, perplexos, com a sabedoria e com o dom de operar milagres.
 
Na verdade, embora hoje os motivos da falta de fé possam ser diferentes, o fato que impediu e reduziu a ação maravilhosa de Jesus, para que não acontecessem muitas curas e milagres, foi: “ELES NÃO TINHAM FÉ!”
 
Na sua cidade, no seu grupo, talvez aconteça a mesma realidade. As pessoas não têm fé! Não importa tanto o que gerou esta realidade, mas em muitos lugares, os próprios cristãos não têm mais fé.
 
Fé do jeito do Evangelho, fé que move a mão de Deus, fé que confia até o fim, que não se intimida diante de ninguém, que deixa o caminho aberto para Jesus manifestar Seu Poder na vida de cada um… Não dá pra continuar assim. É urgente mudar este cenário onde você vive, começando pelo seu coração, sua mentalidade e sua vivência cristã cotidiana. O Pai do Céu nos revela o remédio, a solução e o caminho a serem adotados agora.
 
Pela Palavra, mais uma vez, o Pai fala para nós hoje: “Porém, como invocarão aquele em quem não têm fé? E como terão fé naquele de quem não ouviram falar? E como ouvirão falar, se não houver quem pregue? E como pregarão, se não forem enviados, como está escrito: ‘Quão formosos são os pés daqueles que anunciaram as boas novas!’ Mas não são todos que prestaram ouvidos à boa nova. Logo, a fé provém da pregação e a pregação é o anúncio da palavra de Cristo.” (Rm 10,14ss)
 
É hora da ação!
1) Busque esta pregação da Palavra de Cristo, para você em primeiro lugar. Sua fé precisa ser reavivada, precisa ser reinflamada. Busque sem cessar, até que experimente em sua vida, o mesmo Jesus do Evangelho, falando e realizando as mesmas coisas.
2) Embora sabendo que sempre há aqueles que não prestaram ouvido à boa nova, o Pai quer que todos nós:
– preguemos a Boa Nova, no Poder do Espírito de Jesus;
– preguemos a Palavra de Jesus Cristo do jeito que está no Evangelho;
– preguemos, testemunhando o que o Poder de Jesus já fez em nossas vidas;
– preguemos na Unção do Espírito, para que todos creiam, Jesus cure os doentes e realize seus sinais e milagres;
– preguemos como os apóstolos, com a nossa fé reavivada e reavivante.
 
Sim, Senhor, derrama Teu Espírito sobre todo meu ser, reinflama minha busca da Tua Palavra, reaviva minha fé em Ti e dá-me a ousadia dos apóstolos para anunciar Teu Reino, Teu Amor e Teu Poder. Tu estás Vivo agora, aqui comigo! Muito obrigado, meu Senhor, meu Jesus, meu tudo! Amém!

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.