Buscar a Deus em minha oração

Partilho com você algo simples, mas que diz de minha experiência hoje. Considere este artigo mais como uma conversa de amigo para amigo do que qualquer outra coisa.

Vivo atualmente um “novo” na minha relação com Deus. Tenho buscado rezar mais e melhor. Como assim? Deus sempre tem algo novo a fazer em nós, e Ele tem revelado algo a mais, uma qualidade a mais em minha oração que eu tenho que acolher e procurar corresponder. Nunca estamos prontos no caminho de Deus: sempre há algo em nós para ser melhorado, lapidado, purificado.

Percebo que com a graça de Deus tenho crescido na vida de oração e, conseqüentemente, em todos os aspectos de minha vida, pois Deus é Deus, e ao estar em comunhão com Ele, tudo em mim e ao meu redor não continuam da mesma forma. Deus é muito dinâmico, sempre temos algo novo a descobrir d’Ele, de seu infinito amor para conosco.

Mas, como tenho melhorado em minha vida de oração? No sentido de buscar a Deus na oração e não as coisas de Deus. Tenho buscado adorar a Deus, porque Ele é Deus, e assim me abandonar n’Ele. Tenho muitas coisas a pedir a Ele, posso e devo pedir, mas não tenho parado aí e nem feito disso o centro de minha vida de oração.

Tenho buscado-O, me voltado para Ele e não para mim. Posso entrar numa capela e ficar um bom tempo rezando falando de mim, de meus problemas, dificuldades, mas é muito melhor colocar Jesus no centro de minha vida, de minha oração e a partir daí deixá-Lo cuidar de tudo o que diz respeito a mim, das necessidades de minha família, etc.

Deus é melhor do que as coisas que Ele pode dar ou fazer. Esse é um novo que estou experimentando e gostaria que você também vivesse comigo e com tantos irmãos meus de comunidade que hoje fazem essa mesma experiência pessoal com Deus.

Muitas vezes fomos à capela e falamos de nós, de nossos problemas, dificuldades, fomos simplesmente aos “bolsos” de Deus e não buscamos verdadeiramente a Jesus, mas sim somente os favores, as graças, as coisas d’Ele. Não O deixamos dizer d’Ele para nós, das dores, das alegrias d’Ele. Jesus é Deus, mas assumiu ser uma Pessoa, que como nós, quer se comunicar, se relacionar, amar e ser amado.

Temos muito a crescer, a nos disciplinar para sermos adoradores em espírito e em verdade do nosso Deus. Permita acontecer esta guinada em sua vida de oração, fazendo de Deus o centro dela e não você com seus problemas e necessidades. Deus pode e quer lhe dar tantas coisas, das quais você necessita, mas quer antes de tudo se revelar a você, fazer com que você O conheça, O encontre, seja o melhor amigo d’Ele, pois Ele é seu melhor amigo.

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.