INTERCÂMBIO AU PAIR

Cuidar de crianças e praticar outro idioma

Cuidar de crianças e praticar um outro idioma é uma aventura

Um intercâmbio oferece várias oportunidades para os que, em busca de um sonho, são capazes de se lançar rumo ao desconhecido.

As opções para quem procura um intercâmbio são muitas: estudar, trabalhar, ir de férias, ser voluntário em outro país. Inúmeras são as opções, e em todas elas o aprimoramento de um outro idioma está incluso. A experiência adquirida lhe proporcionará uma bagagem que você levará para o resto da vida. No entanto, a vontade e o desejo de experienciar um intercâmbio vão bater de frente com uma condição financeira limitada.

Francine Franco, 23 anos, natural de Curitiba (PR), sabe bem como é isso. Preparando-se para fazer seu primeiro intercâmbio, a jovem lembra que suas primeiras opções de viagem eram totalmente contrárias a sua realidade financeira.

“Eu comecei a pesquisar sobre os vários programas de intercâmbios, e os que eu mais gostei eram de pouco tempo no país, um mês ou dois, mas todos tinham um preço muito alto, algo que eu e minha família não poderíamos pagar!”

Depois de um ano pesquisando, Francine conheceu, por meio de uma amiga, o programa de Intercâmbio Au Pair.

Leia mais:

:: Fui para fora. E agora?
:: Como é trabalhar no exterior

Indicado para quem escolhe estudar e trabalhar em outro país, na prática o Au Pair é uma troca de serviços no qual o intercambista é acolhido na casa de uma família que lhe oferece um salário, acomodação e alimentação, além de pagar seus estudos. Em troca, a pessoa acolhida presta serviços à família, geralmente cuidando dos filhos.

Aparentemente, morar na casa de uma família e cuidar das suas crianças pode ser um desafio. O programa Au Pair não foi a primeira opção de Francine, mas ela afirma que foi sua melhor escolha.

Conheça um pouco mais sobre o programa de Intercâmbio Au Pair

“Posso dizer que o programa Au Pair foi a melhor escolha que fiz. Vou poder trabalhar e receber um bom dinheiro para poder pagar um curso. E o melhor, vou fazer aquilo que gosto, que é cuidar de criança⁠⁠⁠⁠s.”

Ser Au Pair é mais do que uma experiência profissional, é uma experiência de vida. Sarah
Zuccareli, 21 anos, natural de São José dos Campos (SP), está há quatro meses em Baltimore, nos Estados Unidos, e faz sua experiência como Au pair.

“Ser Au pair é algo totalmente diferente! Sempre quis morar no exterior e encontrei o jeito mais fácil e barato. Eu escolhi estudar inglês e queria melhorar o idioma, ter fluência e voltar para o Brasil ‘melhorzinha’. Minha família, aqui nos Estados Unidos, é muito boa para mim. Eles me tratam muito bem e não me deixam sentir deslocada. Eu já me apeguei às crianças e eles me respeitam muito. Há horas em que não é fácil ser Au Pair, mas é muito bom e compensa. Eu gosto muito!”

Wesley Almeida
Jornalista e Fotográfo

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.