Conselhos de Francisco

O que fazer para o namoro dar certo?

Confira dicas do Papa Francisco para que o namoro não seja tempo de frustração

Namoro é tempo de crescer no amor. Com frequência, Papa Francisco encontra recém-casados e sempre lhes diz: “Vocês são corajosos!”, porque assumir um compromisso definitivo requer coragem. Estatísticas têm apontado diminuição dos casamentos, e os jovens não estão querendo se casar. Por esse motivo, em meu livro Papa Francisco às Famílias, dedico um espaço a esse medo do casamento. Então, vamos lá, levantar alguns conselhos valiosos para que o namoro seja um tempo de crescer no amor.

O que fazer para o namoro dar certoFoto: Daniel Mafra/cancaonova.com

1 – Medo do “Prometo ser fiel”

O amor não pode ser entendido apenas como um sentimento ou um estado psicofísico, mas sim como uma relação, uma realidade que cresce e, portanto, constrói-se como uma casa.

2 – Como edificar um lar seguro?

A construção de uma casa deve ser conjunta. Por isso, é necessário favorecer e ajudar no crescimento mútuo. Esse crescimento, que começa no namoro, não deve ter como base a areia dos sentimentos que vêm e vão; precisa ser construído sobre a rocha do amor verdadeiro que vem de Deus. O Senhor é estável e para sempre, assim o amor que funda a família deve ser estável e para sempre.

3 – Regras para viver em harmonia

Viver juntos é uma arte. “Um caminho paciente, bonito e fascinante, que não termina quando se conquista um ao outro”, afirma o Papa. O dia a dia é feito de regras que se podem resumir em três palavras: licença, desculpe e obrigado. “Peçamos ao Senhor que nos faça entender a lei do amor. Que bom é ter essa lei! Quanto bem nos faz amarmo-nos uns aos outros contra tudo!”, diz na Encíclica Evangelii Gaudium.

4 – Como encontrar o par perfeito?

Não existe marido ou esposa perfeitos; portanto, não existe família perfeita. O que existe são pessoas pecadoras. O segredo para lidar com esses limites está em “nunca terminar um dia sem pedir perdão ao outro, sem deixar que a paz regresse na nossa casa”. Esse caminho de perdão possibilita que o matrimônio dure, vá para frente.

Leia mais:
.: A importância da admiração no namoro
.: O que é um pré-namoro?
.: Namoro e noivado são passos em preparação para o casamento
.: Tenha a coragem de romper um namoro que não me constrói

5 – Deixar-se amar e surpreender

“O verdadeiro amor é amar e deixar-me amar”, foi o conselho de Francisco aos jovens filipinos, em 2015. O amor é sempre uma surpresa, porque supõe um diálogo entre o que ama e o que é amado.

6 – Sonhe com as qualidades do outro

É preciso sonhar com as bondades e as qualidades do cônjuge. “Quantas dificuldades na vida do casal são solucionadas quando há espaço para o sonho! Quando numa família se perde a capacidade de sonhar, o amor não cresce e a vida enfraquece e apaga-se. É muito importante sonhar”, ensina.

7- O amor de cada dia

Assim como se reza na oração do Pai Nosso – “O pão nosso de cada dia nos dai hoje”, os casais pode dizer: “O amor de cada dia nos dai hoje”.

8 – Dê leveza ao relacionamento

“De todas as coisas, o que mais pesa é a falta de amor. Pesa não receber um sorriso, não ser recebido. Pesam certos silêncios. Sem amor, o esforço torna-se mais pesado, intolerável”.

9 – Como deve ser a festa de casamento?

“Devem celebrar como uma verdadeira festa”, orienta o Santo Padre. Deve ser uma festa cristã, não mundana. O que deve predominar é a sobriedade, fazendo sobressair o que é realmente importante. Algumas pessoas ficam muito preocupadas com os sinais exteriores do banquete, fotografias, roupas e flores. “Essas coisas são importantes numa festa, mas somente se forem capazes de indicar o verdadeiro motivo da alegria: a bênção do Senhor sobre o amor”, destaca. Como em Caná, os sinais exteriores da festa devem revelar a presença do Senhor e recordar a origem e o motivo da alegria.

Namorar certo dá certo

Apesar da insegurança, constituir uma família está no topo de todos os indícios de satisfação entre os jovens. Só que eles, por medo de errar, rejeitam inclusive cogitar essa possibilidade. Atenção: não se deixe levar por essas ideias. Todos os argumentos da atualidade para evitar o matrimônio são falsos. A maioria dos jovens sonha com um lar feliz. Espero que essas dicas do Papa Francisco ajudem vocês nesse tempo tão legal, que é o namoro. Pode ter certeza, um namoro bem vivido dará frutos maravilhosos que vocês colherão por toda a vida.

livro, _papa_francisco_as_familias

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.