ON LINE

O perigo do namoro em sites de relacionamento

Muitas pessoas estão buscando namoro em sites de relacionamentos na internet

É verdade que muitos encontraram um namorado, mas muitos também sofreram decepções. Portanto, é preciso tomar certos cuidados com o namoro on-line. Além disso, atualmente, há uma crescente na criação de sites de relacionamento no mercado virtual.

Com a ajuda da internet, as pessoas não dependem mais de amigos e familiares para conhecer novos pretendentes. No entanto, ao fornecer informações on-line, muitas vezes até confidenciando fatos importantes de sua vida a alguém do outro lado da telinha, o usuário assume certos riscos. Namoros, principalmente pela internet, podem abrir portas para certos perigos.

O perigo do namoro no site de relacionamentos
Foto: Daniel Mafra/cancaonova.com

Ao contatar uma pessoa pela internet, você não sabe qual é sua personalidade, seu caráter, quais são suas preferências e que tipo de relacionamento esta pessoa está buscando de fato. Especialistas revelam que 80% das pessoas mentem, aumentam ou omitem informações nesses relacionamentos virtuais. É quase impossível descobrir se a pessoa mente ou não pela internet, por isso é importante tomar cuidado ao conversar, sobretudo, com estranhos pela rede, e não dar um crédito de confiança sem conhecer bem a pessoa.

Algumas pessoas praticam o que podemos chamar de falsidade ideológica (fotos trabalhadas, dados mudados etc.); e mostram-se ao interlocutor de maneira falsa; e isso com segundas intenções.

Ora, o namoro é tempo de se conhecer para poder escolher uma pessoa com quem um dia possa até se casar. Esse conhecimento mútuo exige honestidade e transparência, sem fingimento e falsidade. Há casos em que um homem simula ser quem não é, somente para conquistar uma mulher e apenas desfrutar de alguma forma de prazer ou satisfação, sem o desejo de namoro e casamento. Há homens casados que fazem da internet um modo de “trair” sua esposa, ou mesmo a namorada, sem trai-la, de fato, sexualmente.

Especialmente as mulheres, se envolvem com uma certa facilidade quando encontram alguém pela internet que lhes cativa o coração, ou que lhes preenche alguma carência; especialmente aquelas mais tímidas e que têm mais dificuldade de encontrar um namorado na vida real. Muitas mulheres se envolvem emocionalmente e começam a ter sentimentos por um homem; mas esse não é um relacionamento real.

Alguns homens têm dificuldades emocionais; e, pela internet, podem ter o sentimento de se conectar a uma mulher sem os problemas e a responsabilidade. Para muitos, o namoro virtual é uma fantasia. Homens gostam de fantasias e alguns acham a ideia de namoro virtual melhor do que ter que conversar pessoalmente. E algumas mulheres gostam disso também. Certos homens têm mais facilidades para escrever do que para conversar, então é mais fácil para eles usar a internet.

Outra grande dificuldade no namoro on-line é a distância que normalmente separa os dois. Pode ser que seja possível um namoro à longa distância, mas a dificuldade de se conhecerem pessoalmente aumenta, porque fica mais difícil se encontrarem. É fundamental que os dois se conheçam pessoalmente. Somente assim será possível verificar a honestidade de propósitos do pretendente.

É importante que não se comece um namoro no primeiro encontro pessoal, mas apenas uma amizade, que, quem sabe, possa caminhar para um namoro. É também aconselhável que não se vá sozinho para o primeiro encontro com a outra pessoa, mas com alguém mais. Assim será mais seguro e você poderá verificar em que chão está pisando.

A melhor forma de prevenir “surpresas desagradáveis” é evitar que o relacionamento com a outra pessoa seja pela internet, sem que antes se tenha visto esta pessoa ou, pelo menos, se tenha dela alguma informação real, de confiança. Há uma diferença quando se conhece a pessoa antes, uma vez que é possível se buscar referências dessa pessoa, seu comportamento, onde trabalha, onde estuda, sua família, os amigos com quem anda etc.

E cuidado com os encontros, pois, mesmo que sejam em um lugares públicos, não são totalmente seguros. Por isso, leve alguém da família ou um amigo que lhe dê segurança.

Proteja a sua segurança pessoal; não passe informações pessoais como telefone, endereço, locais em que você e sua família frequentam, além de hábitos, horários etc. Há muitos golpes e crimes sendo cometidos por meio da internet. Há estupradores e perseguidores que usam sites de namoro para encontrar suas vítimas. Como a maioria dos crimes sexuais não são denunciados, os sites de relacionamento são atrativos para esses criminosos.

Há uma tendência de se ficar muito íntimo da outra pessoa pela internet; cuidado, isso pode levar você a dar informações íntimas mais rápido que o habitual. E não se deixe apaixonar pela outra pessoa sem conhecê-la, pois pode ser uma paixão baseada em fraudes ou fantasias.

É importante fazer uma pesquisa sobre a outra pessoa, e não assuma um compromisso de namoro pela internet, mas apenas pessoalmente e só depois de conhecer bem a pessoa.

O namoro é um compromisso sério; então os pais devem ser informados sobre o relacionamento dos filhos, a fim de que saibam com quem os filhos estão se comunicando na internet.

Mesmo os sites criados especificamente para cristãos não são totalmente seguros, pois não há critérios para as pessoas participarem. Os dados são baseados nas informações passadas pelo internauta, e pode não haver veracidade nas informações postadas ali. Alguns sites de namoro on-line falham ao proteger a privacidade e a segurança de seus clientes contra hackers.

O mais importante, então, é tentar saber o máximo possível da outra pessoa sem revelar muito de si. Quando você namora alguém na vida real, você pode dizer com certeza se ele ou ela está levando a sério o relacionamento. O mesmo não pode ser dito com certeza quando você se comunica na rede.

Um outro aspecto fundamental no relacionamento virtual é ver se há respeito e motivação. Quando você sente que o outro respeita sua opinião e sua vida, e não faz propostas inadequadas, então você pode sentir que ele tem intenções sérias.

Enfim, todo cuidado é necessário para não ser enganado, iludido ou prejudicado num relacionamento virtual.

 


Felipe Aquino

Professor Felipe Aquino é viuvo, pai de cinco filhos. Na TV Canção Nova, apresenta o programa “Escola da Fé” e “Pergunte e Responderemos”, na Rádio apresenta o programa “No Coração da Igreja”. Nos finais de semana prega encontros de aprofundamento em todo o Brasil e no exterior. Escreveu 73 livros de formação católica pelas editoras Cléofas, Loyola e Canção Nova. Página do professor: www.cleofas.com.br Twitter: @pfelipeaquino

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.