Terço pelas almas

O Papa João Paulo II, no dia de finados de 1997 disse: “A tradição da Igreja exortou sempre a rezar pelos mortos. O fundamento da oração de sufrágio encontra-se na comunhão do Corpo Místico… Por conseguinte, recomenda a visita aos cemitérios, o adorno dos sepulcros e o sufrágio, como testemunho de esperança confiante, apesar dos sofrimentos pela separação dos entes queridos” (LR, n. 45 , de 10/11/91). Terço das almas Nas contas grandes, reza-se: Meu Jesus misericordioso, meu Deus, Creio em vos porque sois a mesma verdade. Espero em vós porque sois fiel as vossas promessas. Amo-vos porque sois infinitamente bom e amável. Nas três contas próximas a cruz, reza-se: Meu bom Jesus, não me deixeis morrer sem receber os últimos sacramentos. Na dezenas, reza-se: Doce coração de Maria sede minha salvação. 

Comentários

comentários

↑ topo