Experiência de Avivamento: 31º dia de clamor

Reze com o padre Roger o 31º dia de clamor da Experiência de Avivamento

Início:

Começamos a nossa experiência de avivamento em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém!

Vinde, Espírito Santo, enchei os corações de Vossos fiéis e acendei neles o fogo do Vosso amor. Enviai o Vosso Espírito e tudo será criado, e renovareis a face da Terra.

Oremos:

Ó Deus, que instruístes os corações dos Vossos fiéis com a luz do Espírito Santo, fazei que apreciemos retamente todas as coisas, segundo o mesmo Espírito, e gozemos de Sua consolação, por Cristo Senhor nosso. Amém!

Pedimos, Senhor, que essa Palavra se torne viva e eficaz na nossa vida e não volte para o Senhor sem produzir em nós o efeito esperado.

Mortificação:

Renuncie à mentira que, muitas vezes, durante o dia bate à porta do nosso coração, faça a opção pela verdade e, se preciso for, pague o preço por ficar do lado dela.

Oração de clamor:

Senhor, eu creio que Tu és a verdade, eu creio na Tua Palavra e quero vivê-la com intensidade e disposição. Muitas vezes, meu Deus, sou tentado a mentir, a enganar as pessoas e, em diversos momentos, para justificar algum erro que cometi. Mas quero, a partir da Tua Palavra, me comprometer com a verdade. Uma outra tentação constante, Jesus, é que vivo uma vida dupla e mentirosa, sendo uma coisa na Igreja e outra na sociedade. Quero ser autêntico e comprometido com a verdade. Que as pessoas, quando me virem e observarem minhas atitudes, percebam que sou amigo da verdade, não quero viver uma vida dupla, quero viver uma vida autêntica e cristã. Desejo, do fundo do meu coração, fazer a experiência de ser Teu discípulo, Senhor, assumindo quem Tu és, tomando posse da Tua verdade e da Tua doutrina, vivendo com intensidade as renúncias diárias e obedecendo, em tudo, à Tua santa Palavra. Faz na minha vida, por meio do Teu Espírito, uma obra nova. Quero fundamentar minha vida na Palavra e na doutrina da Igreja e, livremente, quero renunciar a toda tendência que me pressiona a ser relativista, não assumindo a verdade por inteiro, ou sendo condescendente com certas realidades para agradar as pessoas. Creio que Tu és a verdade, creio na doutrina da Igreja e quero ser fiel até o fim. Preciso experimentar a liberdade que a verdade traz, deixando as coisas velhas no passado e assumindo o novo que o Senhor tem para mim. Quero ser livre, quero apoiar-me e viver na verdade, preciso somente do Teu Espírito Santo para me amparar e guiar nesse bom propósito, no caminho que tens para mim: de felicidade e de vida plena. Eu quero permanecer na Tua Palavra, eu quero viver o Teu discipulado, Senhor, quero ser aquilo que Tu queres que eu seja. Eis-me aqui, Senhor. Amém! Aleluia!

 Leia mais:
::Os dons infusos do Espírito Santo

LIVRO

::Adquira o Livro: “Experiência do Avivamento”

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.