exaltar a Deus

As dificuldades da vida cristã e a fidelidade a Jesus

A fé nos ensina que Deus transforma o pior de nossa vida em obras maravilhosas

Nos dias de hoje, é comum vermos as pessoas ansiosas e sempre à procura de resultados instantâneos; além disso, há a procura de uma vida “perfeita”, sem problemas, sem doenças, desemprego nem tribulações.

Como nós cristãos lidamos ou devemos lidar com essas situações e intempéries da vida?

As-dificuldades-da-vida-cristã-e-a-fidelidade-no-seguir-a-Jesus-Foto: Arquivo CN/cancaonova.com

Primeiramente, Jesus não nos prometeu uma vida sem lutas nem dificuldades: “Se alguém quiser vir após mim a si mesmo se negue dia a dia, tome a sua cruz e siga-me” (Lc 9,23).

Na vida existem diversos obstáculos a serem superados; na vida cristã não é diferente, pois enfrentamos as lutas interiores, na qual lutamos contra nós mesmos todos os dias, a fim de que se cumpra o que diz a palavra: “É necessário que ele cresça e que eu diminua” (Jo 3,30); e um dos desafios que nós cristãos enfrentamos são aqueles que estão relacionados aos nossos sentimentos.

Você está magoado, solitário, cheio de sentimentos de culpa?

Precisamos entender que falhamos, mas tendo falhado, Deus diz que o aceita e ama. Antes de a graça de Deus transformar nossos erros em forças, é preciso que respondamos por meio do arrependimento e a fé, pois o arrependimento é simplesmente a mudança de nossa mente a nosso respeito, e de nossas ações. Significa que admitimos a Deus que estamos errados, e voltamo-nos a ele. Se escolhermos o caminho do pecado, recusando-nos a reconhecer o pecado, não podemos esperar a redenção dos nossos fracassos, mas apenas uma composição de desespero.

A fé reage ao amor de Deus e seu perdão, que nos pertencem, na obra redentora de Jesus, quando ele morreu e ressuscitou. Fora de Cristo só existe desespero por causa do fracasso.

Leia mais:
::Clame o Sangue de Jesus no tempo da tribulação
::Oração ao Anjo da Guarda, poderoso protetor

O cristão contempla suas derrotas e erros, e volta-se para o perdão total de Deus e para a obra redentora de Cristo, que agora mora dentro dele. A fé ousa afirmar que Deus transforma os buracos negros de nossa vida nos alicerces de seu edifício mais lindo.

É preciso que sejamos fortes nas tentações, pelo fato de satanás estar sempre querendo que voltemos à prática das coisas antigas, ou que caiamos em algum pecado, para tal devemos resistir ao diabo (Tg 4,7) e se até Jesus foi tentado ele vai tentar a nós também; portanto devemo procurar forças em Deus como nos diz São Paulo “Tudo posso naquele que me fortalece” (Fl 4,13).

Sofrimentos e problemas

Quando aderimos ao projeto de Jesus, tudo é alegria, mas os sofrimentos vêm e, nessas ocasiões, satanás cochichará em seus ouvidos, dizendo mentiras, para que, se o seu sentimento não estiver bom, você volte atrás. Diante de alguns, ele põe a dúvida e as pessoas começam a pensar que não são realmente salvas, que não foram aceitas por Deus. Não dê ouvidos. Você precisa viver pela fé e não pelo sentimento (2Cor 5,17).

O segredo da fidelidade está em seguirmos com alegria e perseverança o caminho que nos está posto a percorrer (Hb 12,12), além disso busque forças em Jesus para prosseguir, aprenda na sua Palavra, a vencer o inimigo, a edificar a sua mente e ter os ouvidos sempre atento ao que Deus lhe fala. E assim, você será um vencedor.

“Tenho-vos dito isto, para que em mim tenhais paz; no mundo tereis aflições, mas tende bom ânimo, eu venci o mundo.” (Jo 16,33)

Paz e bem!

Enviado por Ildeu Iussef Garcia Felipe, de Goiânia, GO

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.